Autor: Douglas

Quem é MEI precisa de contador? É obrigatório ter livro caixa?

Uma das formas de ter um CNPJ no Brasil é através do cadastro como MEI – Micro Empreendedor Individual. Esta é uma forma bastante simples e rápida de abrir uma empresa, inclusive com maior economia e facilidade nas questões tributárias. E, falando em tributação, muita gente tem dúvidas se o MEI precisa de contador. É o que vamos entender agora, então, pare tudo e leia este artigo até o final.

A contabilidade, sejam escritórios, empresas ou contadores autônomos, é um serviço que organiza toda a documentação financeira de um negócio, as entradas em caixa, despesas com folha de pagamento, impostos, etc. Já o livro caixa registra apenas entradas e saídas de dinheiro, de forma muito menos detalhada.

Entenda se o MEI precisa de contador ou livro caixa

Nem todas as empresas precisam contratar esses serviços, algumas precisam de apenas um dos dois, ou nenhum, enquanto outras precisam ter tanto a contabilidade quanto um livro caixa.

Vamos nos ater ao MEI, que é a forma mais simples de se ter um CNPJ. O MEI não precisa ter contabilidade formal, como os livros diários, nem mesmo um livro caixa. Entretanto, isso não quer dizer que suas contas podem se manter desorganizadas.

O MEI tem um limite de faturamento anual que, se ultrapassado, gera custos e muita dor de cabeça. Quem ultrapassa o valor de R$ 81 mil por ano, que dá uma média de R$ 6.750,00 por mês. A referência é sempre o dia 31 de dezembro do ano em que o MEI se cadastra como tal e o mês do cadastramento é contado cheio.

Assim sendo, o MEI que se formalizou em qualquer dia do mês de novembro, por exemplo, terá um limite até o fim do ano de R$ 13.500 para faturar. Passando disso, poderá ser desenquadrado da condição de MEI ou precisará recolher um DAS complementar.

Para pagar o DAS deverá imprimir a guia pela internet, similar ao Darf online, pagar no boleto ou no débito automático.

 

Quero ser um MEI

Cuidados que o MEI precisa tomar com as contas

Justamente por não ser obrigado a ter contador nem livro caixa é que muitos empreendedores na categoria MEI acabam falindo. A falta de organização com as contas coloca a saúde financeira de qualquer empresa, ou mesmo das pessoas, em risco.

Contadores ou escritórios, sabendo da não obrigatoriedade e entendendo a necessidade dos microempreendedores, costumam cobrar valores muito mais baratos para prestar os serviços. Talvez seja uma boa oportunidade de você manter suas contas organizadas.

Outro fator que requer cuidados é o que mencionamos acima, sobre o limite do faturamento e as ações necessárias que o MEI precisa tomar caso ultrapasse os limites. Um contador pode ajudar, e muito, a “manter um olho” nesta parte do negócio.

Fique atento, pois as regras de enquadramento nas determinadas categorias de empresas são um pouco confusas e exigem habilidades com números. E se essa não é a sua praia, é bom ter ajuda especializada para não ser tributado a mais que o necessário.

3 Dicas de Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo impulsiona as mensagens da marca, mostra suas proposições e liderança de pensamento.

A parte complicada do marketing de conteúdo é que somos todos consumidores de conteúdo egoístas – sua audiência não está interessada em seus problemas;

eles estão interessados ​​em seus problemas; você se engaja e aumenta seu público com conteúdo significativo e relevante para os problemas com os quais está preocupado.

Mas você não deve ser a única voz em seus canais sociais. A maioria dos profissionais de marketing recomenda compartilhar o conteúdo de outras pessoas 80% do tempo e 20% do tempo.

Então, se você está fazendo as coisas direito, você está compartilhando muito conteúdo. O difícil é que nem todo conteúdo vale a pena ser compartilhado, e menos ainda pode ser relevante para o seu público.

Então, o que você faz?

Uma abordagem que recomendamos é compartilhar o melhor conteúdo várias vezes. Isso oferece as melhores histórias, conselhos e ideias com o maior alcance, proporcionará o melhor engajamento de sua comunidade e ajudará você a se conectar com os influenciadores que compartilham seu conteúdo.

Neste post vou apresentar várias estratégias que usamos para identificar e compartilhar novamente o conteúdo que a nossa comunidade mais gosta, bem como algumas estratégias alternativas.

Além disso, mostrarei como identificar esse conteúdo pode ajudar você a se conectar com os influenciadores para aumentar ainda mais o alcance do marketing de conteúdo.

Uma palavra sobre o alcance do conteúdo

Eu recebo essa pergunta muito: “Por que compartilhar algo de novo que você já compartilhou uma vez?” E a resposta é simples, alcance.

Dica 1: descubra seu conteúdo mais popular

Então, como você sabe qual conteúdo vale a pena compartilhar novamente? Com conteúdo de mídia social, o desempenho passado é geralmente o melhor preditor de sucesso futuro.

Você precisa avaliar seu desempenho de conteúdo para ver quais postagens geram mais engajamento.

É claro que as páginas de análise ou insights fornecidas pelas próprias redes de mídia social também fornecem informações que podem ajudar você a identificar seu conteúdo mais envolvente.

Dica 2: compartilhe novamente esse conteúdo

Existem muitas estratégias para como e quando você deseja compartilhar o conteúdo novamente. Listamos algumas de nossas estratégias de re-compartilhamento e outras estratégias populares abaixo:

  • Compartilhe novamente o conteúdo como parte do seu mix de conteúdo normal. Escolha algumas das suas postagens mais populares do passado para compartilhar novamente a cada dia ou semana.
  • Tem um dia de retrocesso: isso é muito popular. Escolha um dia, a quinta-feira é provavelmente a mais popular, dedicada a compartilhar o conteúdo mais popular em um determinado período. Você pode fazer isso toda semana, todo mês ou em algum outro horário.
  • Compartilhe novamente o conteúdo mais popular da semana no fim de semana. Pessoas diferentes podem estar nos seus canais sociais no fim de semana. Além disso, as pessoas têm mais tempo para ler no final de semana. Seus fãs podem ler algo no fim de semana que eles não sentiram que tiveram tempo durante a semana.

Dica 3: Conecte-se aos influenciadores que compartilham seu conteúdo

A outra coisa que anda de mãos dadas com a identificação do seu conteúdo mais envolvente é identificando os influenciadores que estão gostando, comentando e compartilhando seu conteúdo. Os influenciadores têm um grande público de mídia social por si só e, quando se envolvem com seu conteúdo, o público o vê, aumentando seu alcance para o público.

Identificar esses influenciadores é o primeiro passo para construir um relacionamento. Depois de saber quem está compartilhando seu conteúdo, você pode segui-lo, compartilhar seu conteúdo e enviar artigos, atualizações e outras informações que possam ter interesse em compartilhar. À medida que compartilham seu conteúdo na rede, você obtém esse alcance adicional.